quinta-feira, 29 de abril de 2010

A tristeza é viver um dia EMO.

É tu chegar no trabalho e perceber que o celular ficou em casa, lá, na outra cidade.

É perceber que, além disso, tu saiu sem brincos.

É ver que a reunião que tu marcou com uma pessoa que insistiu horrores pra conseguir o horário, não saiu... porque a pessoa não apareceu e tentou bater boca contigo, dizendo que o erro foi teu, porque ela, marcou o dia errado na agenda.

É alguém perguntar se tu gostou do creme Victoria's Secret que tu ganhou, mas tu não saber do que se trata e, depois, perceber que o creme deve ter sido usado para presentear outra pessoa (essa foi fóda - com "f" de fóda = ruim). Sério, me senti um cú (com acento mesmo).

É saber que já haviam esgotado os ingressos que tu mandou comprar (pro chefe ir pro Gre-Nal).

É tu chegar no bar da universidade e pedir um pão de batata com requeijão e um chocolate quente. O chocolate quente vem todo melecado, suja a mesa e, claro, o pão de batata com requeijão, na verdade, era de frango - e tu só nota quando morde o frango.

É ter uma prova, depois de um dia óteeemo desses. Tu tenta lembrar da matéria e a única coisa que o teu cérebro visualiza é um branco sem fim.

É ter vontade de sair e não ter forças porque, afinal, tu te sente o último ser humano da face da terra e só consegue pensar em deitar na cama e ficar lá, confortável, lendo um livro legal, até apagar e esquecer que o mundo é tão injusto contigo.

É perceber que hoje, é um daqueles dias em que um homem ao teu lado faz uma falta tremenda.

É estar de TPM (o que justifica algumas coisas) e perceber, no fim do dia, que tu nem deveria ter saído da cama.

quarta-feira, 28 de abril de 2010

A felicidade é uma sacola cheia de carimbos...

... que eu encontrei na minha escrivaninha quando cheguei em casa, hoje!

Tem uma amiga minha, de uma fase muito legal da minha vida, que esta morando nos Estados Unidos. Ela casou por lá, depois casou por aqui (sim, sim, com o mesmo noivo, claro!). O casamento dela foi a coisa mais fofa do mundo, bem estilo americano que a gente vê nos filmes: uma tendinha, num gramado à beira de um laguinho, os amigos ao redor, as pessoas importantes da vida deles falando coisas legais... achei perfeito! Digno do que ela merece (não tô puxando saco só porque ela me deu os carimbos tá?! Ela é mesmo muitíssimo legal!).

Então que eu encontrei a Lisi no Joe semana passada, estava aqui para uma visita rápida. Inclusive, todas as visitas dela, por mais demoradas que sejam, são sempre rápidas, a gente só se encontra no Joe rapidamente (já percebeu isso, Lisi? O que será que isso significa? hahaha), promete se encontrar - mas nunca consegue - e quando eu vejo, ela já foi!

Nesse último encontro de Joe, ela comentou: "trouxe uns adesivinhos pra ti"!

E hoje de manhã, perguntei pro pai dela se ela já tinha ido embora e, adivinhem? Já foi!

Putz, agora eu vou ter que contar uma coisa que eu tinha esquecido: toda a culpa de eu ser viciada em scrapbook é da Lisi! Sim, a culpa é plenamente dela! Safadinha! Lá nos anos 90, ela voltou de um intercâmbio com um álbum de scrapbook que a mãmi dela dos EUA tinha incentivado ela a fazer... quase morri! Foi assim que tudo começou! E é por isso que, sabendo do quanto os materiais para scrapbook são limitados por aqui (e caros), ela sempre vem com um presentinho legal!

Mas aí que não eram "adesivinhos" e sim "carimbinhos"!!! E acho que ela nem sabe o quanto ela acertou na mosca! Pra mim, a parte mais divertida do scrapbook são os carimbos! Tanto que eu acabei até comprando um livro especializado em carimbos - que tem dicas de ouro, que eu jamais imaginaria poder fazer com uma simples imagem estampada.

Lisi, babe, nem sei como te agradecer!!!

Guria, sem comentários!!! Além de muito lindos, são todos muito úteis! E, sem querer dizer nada né... carimbam melhor que os nacionais... a-hammm!

Agora eu coloquei eles pra dormirem com os amigos, na caixa de carimbos. Acho que eles vão gostar de lá, o povo é acolhedor, em ouco tempo vão estar arranhando um português, hehehe!!!

Beijão xuxua e, mais uma vez, muito obrigada! Tu não sabe o quanto a criança aqui ficou feliz!!!

Não são o máximo? Eles são tão divertidos que até fiquei com vontade de levar eles pro cinema!

sábado, 24 de abril de 2010

A vingança é um retalho de flanela!

Em fevereiro deste ano, dei uma passadinha no shopping Mart Center, em Caxias do Sul. Estava andando, tranquilamente, quando ví, em uma vitrine, um echarpe marrom com estampas de caveiras em branco. Eu, que pouco gosto de caveiras, quase dei de cara na porta de vidro, quando fui entrar na loja. Que estava fechada. Frustração completa.

Olhei por tudo a procura de um cartaz com um aviso de quando a loja estaria aberta, mas não haviam pistas.

Agora vejam do que é capaz uma mulher querendo consumir:

No dia seguinte, procurei o site do shopping e liguei para eles. Passei o nome da loja e a moça que me atendeu, comentou que seria mais fácil encontrar a loja aberta num sábado. O detalhe é que o dia em que ví o echarpe, era sábado. Então a moça falou que na verdade, nunca se sabe quando aquela loja abre. Ai que bom!

Óbvio que eu não desisti né! Encontrei o e-mail da loja e escrevi para eles, dizendo que estava interessada no echarpe e que era para entrarem em contato comigo, se tivessem intenção de vendê-lo. Deixei meu número de casa, celular, agenda semanal, carteirinha de vacinação... e nada! Ninguém retornou!

Nunca esqueci daquele echarpe...

Então, ontem, passei numa loja de tecidos e... tchãnãnãããããããmmmmmm!!!!!!!!!

Continua no meu outro blog, aquele de artesanatos, rá! Corre pra lá!

Aerosmith em Poa - Não vou!!!

Minhas últimas palavras sobre o show do Aerosmith - porque ser repetitivo é um saco, mas essa situação requer um certo barulho.

Se mais alguém que passa por aqui, vai deixar de ir para o show por causa dos preços (que diminuíram, mas continuam altos), ou apenas não esta de acordo com os valores cobrados, achei a comunidade certa no Orkut.

Tem pouca gente ainda, mas pode aumentar! Eu estou ajudando, ao menos, hehehe!

E agora eu só reclamo lá...

Bjos

quinta-feira, 22 de abril de 2010

É o que eu sempre digo...

... que quando forem pensar em ti, como funcionário, sempre vão lembrar do que tu fez de errado, nunca do que tu sempre fez certo.

Querem prova disso? Aqui esta!

12 anos de trabalho e, por uma simples gafe, perdeu o emprego!

sábado, 17 de abril de 2010

Você nem sempre é o que você veste

Foi a minha conclusão ao ver o ser humano mais sertanejo que eu conheço, usando uma blusa escrito "Rock n' Roll". Doeu tanto...

Nossa Senhora das Roupas, por favor, acabe logo com essa moda rock n' roll!

Porque rock n' roll não é moda, é um fuckin' estilo de vida!

:(

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Aerosmith em Poa - faltou o setor Diamante!

Ontem, soubemos que Aerosmith faria show em Porto Alegre. Mais legal ainda, bem no dia do aniversário da Lauren!

Aerosmith não é, nem de longe, uma das minhas bandas favoritas. Mas é uma banda legal, que eu respeito e que aproveitaria a oportunidade de ir para o show, porque, como vocês já sabem, eu adoro shows de rock!

Mal consegui começar a entrar em contato com a tradicional turma de shows, que já me deparei com algo tão ridículo, mas tão uó do forobodó, tão subsolo, tão humilhante para um roqueiro que se preze, que desanimei totalmente e optei por desistir da minha programação.

Eu fiquei muito indignada com a novidade do mapa de setores/pistas do show. Explico. A grande maioria dos shows possui área de arquibancadas, pista e pista vip. Eu já fazia cara feia pra essa coisa de pagar mais pra pista vip (amo o Bono que deixa a pista vip pra quem sofre na fila), mas, acabei aceitando fácil que pista vip se torna útil quando vemos os pais que levam filhos pros shows, as pessoas de mais idade que apreciam estes eventos e, enfim, quem quer ver o show de perto, sem ser esmagado pela massa.

Agora... inventar uma pista Premium (380,00) antes da pista Vip (230,00), já é ridículo! E inventar uma pista Gold (550,00) na frente da pista Premium... bom, aí já é o abuso do abuso, da falta de caráter e da exploração dos fãs!

Eu não sei aonde a coisa toda se perdeu! Antigamente, os shows eram no Gigantinho, ou nos estádios de futebol. Tinha arquibancada, que era mais calma, pista, que era uma loucura e área vip - pequena - pra quem quisesse ver de perto numa boa. Arquibancada e pista eram o mesmo preço. Agora, não tem mais arquibancada e a pista dos mortais é tão longe, que pra ver os caras, só pelo telão! É um lugar tão desprivilegiado, que nem nome tem, então, eu já chamo de Ralé. Pista Gold / Premium / VIP e Ralé.

Fiquei analisando o mapa dos setores e percebi que o local onde eu estava no show do Axl e Amigos Cantam Guns, que era a pista normal (Ralé), era o equivalente a metade da área vip do Aerosmith. Mesmo assim, eu não estava perto!

Na boa, podem me xingar, mas eu não pago 130,00 (sem mencionar que aqui no RS não temos desconto de estudante) + transporte + bebida (7,00 pila a água) pra ver uma banda pelo telão. Por mais que eu ame um show destes, isso é demais pra minha dignidade!

Os novos setores são uma ofensa! Rock n' Roll nunca foi sinônimo de fã rico, gastando pencas pra ver um show.

E quem se conforma com isso, sinceramente, esta ajudando para que as coisas continuem nessa merda que estão. Eu fico de cara, reclamo e, como forma de protesto, não compro ingresso pra esse show.

Até porque, se eles lucrarem como pretendem, no próximo show, vai ter pista Diamante!

Como disse alguém, em algum site que falava dos novos setores: "Os shows são só forma de encher o rabo da produção de grana. Ninguém tá dando a mínima para o que o público pensa".

Acho que vou ver ZZtop. E também vou guardar grana pro Woodstock de São Paulo.

terça-feira, 13 de abril de 2010

Buki diz (11:10):
eu tenho férias coletivas do dia 15 de dezembro até 15 de janeiro
quero só ver o que vou fazer

Manoela diz (11:11):
quero guardar grana
pque no fim do ano eu quero sair de casa um pouco
fazem anos que eu não tiro férias de verdade

Buki diz (11:11):
heheh ai tu vem pra cá...
pq eu quero ir pra gariba... mas não pra ficar todas as minhas férias!!

Buki diz (11:12):
fico ai só até o natal.. depois volto!

Manoela diz (11:12):
boa
tu vem até o natal
depois eu vou contigo pro revelhão

Buki diz (11:12):
hehe
isso!!

Buki diz (11:13):
sabe que dia é hoje??

sexta-feira, 9 de abril de 2010

Won't you take me to?

Eu amava os flashbacks de Friends (ok, ainda amo!), principalmente quando eles voltavam para as festinhas da adolescência (explicando origens de vários traumas).

Uns dias antes da minha formatura, em 2006, tocou essa música na rádio. Eu estava trabalhando, ainda no meu antigo emprego. Minha colega mandou um msn "escuta, é a música do flashback de friends, a Mônica e a Rachel dançando"!!!

Quando olhei pra trás, ví ela fazendo "tãtãtãtã-tã..." mexendo os braços... cômico!

Óbvio que a música foi pra trilha sonora da minha festa de formatura né!

Óbvio que eu e a Renata dançamos ela né!

Agora, imaginem a cena...



Não vou dizer mais nada!

quarta-feira, 7 de abril de 2010

Vou contar pra vocês e não foi mentira!

Hoje de manhã, precisei marcar um exame. Então liguei pro local indicado na requisição do exame (vou preservar o nome do "local" e o nome da pessoa).

O diálogo que seguiu foi exatamente este:
- "nome do local", Ana, boom diaaa! - falou uma voz meio arrastada.
Eu: - Bom dia, eu gostaria de marcar um exame...
Ela: - De-pen-diii.

Que? Depende? Ela deve estar respondendo pra outra pessoa, pensei, pois havia barulho de vozes ao fundo. Esperei alguns segundos e retornei a falar.

Eu: - Ham... desculpa?
Ela: - Sim?
Eu: - Eu queria marcar um exame...
Ela: - Sim! Eu disse que de-pen-diiiiii!!!

Comecei a rir.

Eu: - Depende? De quê?
Ela: - Ah, sei lá ... depende de tanta coisa, hahaha. Sabe, tu gostarias de marcar um exame ? Bom, eeeeu gostaria de um carro, uma cama nova... uma semana na praia...

Eu rindo.
Ela rindo.

Eu: - Ok, hehehe. Eu marco o exame contigo?
Ela: - Nãããão querida, vou te passar pro setor que marca os exames. Mas tem dois na tua frente. Eu estou avisando porque tem gente que não gosta de esperar as pessoas da frentchiiiii.
Eu: - Aaaaah, mas eu não me importo, pode me deixar na fila, hahaha.
Ela: - Ok. Então eu vou te passar. Se tu não conseguir marcar, liga e fala comigo de novo! Meu nome é Ana. E se tu não quiser falar comigo de novo, também não tem problema tá?!
Eu: - Certo, pode deixar que se eu não conseguir, falo contigo de novo!
Ela: - Então tá... boa sorte na fila!
Eu: - Obrigada!

Ela passou a ligação.

Olhei pra minha colega:
- Achei uma pior que nós duas juntas!

domingo, 4 de abril de 2010

Heavy Easter!

Porque Páscoa é tudo de bom! Principalmente quando se é criança né!!!


...

Mas Páscoa com o novo cd do Slash também tem seu charme! Acabei de baixar e, certamente, vou comprar assim que chegar nas lojas!

No livro do Slash, ele comenta sobre os planos de produzir este cd com várias pessoas que ele admira. O trabalho se chamaria - e se chama - Slash and Friends. Grandes chances de ser, na minha opinião, o cd do ano! Tem Ozzy, Dave Grohl com o Duff (numa música instrumental que é tudo), Chris Cornell, Ian Astbury, Maroon 5, Kid Rock (bécs, sempre lembro que a Pamela Anderson trocou o Tommy Lee por ele, burra) e muitos mais... até a Fergie tá dentro (subiu no meu conceito). Enfim, tá uma delícia!!! Eu que não sou muito dos hip hops da vida, ameeeeei a versão "chicabum-chicabreak" (só o Gui vai entender isso - e ele não lê o blog, hahaha) que fizeram de Paradise City!

Faz tão bem pros meus ouvidinhos...

E era isso, por enquanto, vou me concentrar no som do meu ex-marido, então!

Vcs, que não tem como escutar - hahaha - fiquem babando com o vídeo demonstrativo!!!


(não consigo configurar sem que corte um pedacinho)

E pra quem acha que adulto não se diverte na Páscoa, lá vai, hahaha!!!




sábado, 3 de abril de 2010

hihihi

Eu sei que é feio rir dos outros, mas a minha vó disse que tinha dado uma alavanca no Peru, que tinha matado umas 400 pessoas, hahahaha!

Ok, meu respeito pelas pessoas e pela minha vó, mas a alavanca foi muito boa, ahahah!