sábado, 28 de fevereiro de 2009

Um prego e Trabalhos Artesanais

Queridos amigos da blogosfera, tenho dois novos blogs para apresentar para vocês:

1 - Minha prima querida está em nosso meio e todos sabemos que ter blog e não ter quem leia é o equivalente de se estar no mato sem cachorro. Ela ainda não deve ter postado algo, pois eu dei o blog pronto pra ela de presente, tem apenas um post introdutório, mas vocês já podem passar lá, incluir ela na lista e tal... eu garanto, vale a pena!

2 - Montei um blog com meus trabalhos de scrapbook (e outros, possivelmente, mas acaba sendo mais focado nos scraps). Why? Bom, eu comecei a receber encomendas e me animei com isso, então, nada melhor do que ter um lugar específico para mostrar ao mundo do que eu sou capaz, hahaha!!! Sério, podem entrar, comentar (comentar é superimportante) e não precisam encomendar nada, se não quiserem. É aquela coisa né... quem não é visto, não é lembrado.

Então, agora vcs já tem diversão, hahaha, podem ir!!!

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

13 Observações sobre Sexta-feira 13.

Então, não é novidade para ninguém que eu retirei Sexta-feira 13 do 1 ao 6 para passar as férias de Carnaval.

Não, eu não tinha visto nenhum destes filmes ainda. Acho que na época em que eles estavam no auge, eu não era muito fã de terror. Mas lembro dos meus colegas de aula falando dos filmes ( um bando de guris que deviam ver os filmes escondidos dos pais, só pelas cenas de sexo, hahaha). Enfim, sempre fui mais fã de filmes de monstrinho e fantasminha.

Neste vasto tempo em que passei assistindo os filmes que retirei, acabei observando alguns fatos:

1 – Andar de carro nas estradas próximas a um bosque, de noite, significa que o motor vai falhar. Sempre. E é ali, tentando arrumar o motor, que o Jason vai te pegar por trás.

2 – Ninguém usava sutiã nos anos 80.

3 – Acampamentos eram apenas uma desculpa para transar e o Jason odeia isso. Foi assim que ele morreu. Os monitores transavam enquanto ele se afogava no lago. Interessante é que ele foi a única criança que apareceu, em todos os acampamentos para criança que foram organizados em Crystal Lake.

4 – 3 dos 3 caras que foram pro banheiro cagar, não limparam a bunda antes de puxar a calça pra cima e fugir do Jason. O Jason não gosta de quem transa. Nem de intestinos que funcionam.

5 – Tem uns lances engraçados, do tipo, o cara é tri psicopata, adora meter medo, mas às vezes, ele compromete a própria reputação. É o caso da cena em que ele sobe num banquinho pra matar a moça que se escondia em baixo da cama. Pra completar, ele cai do banquinho.

6 – A última vítima sempre sobrevive até o próximo filme. E ela sempre vai se esconder no quarto onde o Jason deixou uma pilha de gente morta. É batata. Aí a pessoa grita e… já era.

7 – Era realmente muito fácil morrer nos anos 80. Uma machadada na costela era motivo de morte instantânea. Menos pro Jason.

8 – Até agora, dois pobres gatos foram arremessados cruelmente, para assustar o público. O engraçado foi a filmagem de um gato indo embora completamente brabo, hahaha!

9 – Não lembro quantas pessoas foram arremessadas mortas janela adentro, para assustar a pessoa que estava na cozinha tentando se esconder, mas foram algumas. Por falar em janelas, nunca vi tantas e tantos ataques através delas! Eu já tinha aprendido no Cemitério Maldito e no Poderoso Chefão, que janelas são do mal, mas acho que dessa vez virou trauma mesmo!

10 – O Golden Retriever do episódio 4, quando a gente pensa que vai fazer alguma coisa útil, tipo salvar a família – coisa normal dos bichos de estimação – se joga pra fora da janela do segundo andar (quebra o vidro), no meio de um temporal e nunca mais aparece. Uma atitude que eu só esperaria do Elvis… francamente.

11 – Falando em temporal. De repente, do nada, vem aquele ventão pra chacoalhar os cabelões anos 80 e, em seguida, vem o temporal. Com ele, vem o Jason, claro!

12 – E não pense que fugir para dentro do lago com um barquinho é a salvação, porque sempre, eu disse sempre, vai surgir o Jason ou a mãe dele e te pegar por trás. Eles adoram pegar por trás, hahaha. Normalmente quando a música fica mais calma e tudo parece feliz.

13 – Por último, mas não menos importante, não adianta correr no mato, ou dentro de casa, porque o Jason, com seu passo lerdo, vai chegar antes, de qualquer forma!

Era isso gente, tenham um ótimo final de semana. Agora eu vou pegar o machado e decepar uma cabeça. Digo, pegar o telefone e pedir um xis.

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

E a crise?

Todo mundo na praia.

Todo mundo curtindo um carnavalzão.

Todos os restaurantes, bares, lanchonetes e cafés fechados (ou seja, ninguém precisando ganhar um extra – e as pessoas que ficaram na cidade sem ter onde jantar ou o que pedir de tele-entrega).

Isso tudo acontecendo em plena crise.

Não, sei. Essa história de crise tá me cheirando a conversa pra boi dormir (e boa desculpa pra demitir).

Enquanto isso, em uma pequena e pacata cidade do interior do Rio Grande do Sul, duas amigas, Ana e Lúcia (os verdadeiros nomes foram alterados para preservar suas identidades) não resistem a tentação de um anúncio de liquidação:

- Ai guria, nunca entrei nessa loja! É boa? – diz Lúcia, nova na cidade.

- Olha, lembro que era boa, sim. Já foi mais acessível. Mas os preços começaram a aumentar e acabou ficando praticamente impossível comprar aqui. – respondeu Ana.

- Mas olha: 50% de desconto a vista ou 30% com parcelamento em até 5 vezes! – Lúcia coloca as mãos no rosto e simula uma careta de “não podemos perder essa barbada!!!”.

- Hummm… interessante. Vamos ver se tem umas camisetas legais, então.

E elas entram na loja e são prontamente atendidas por uma funcionária.

- Quais são os produtos em liquidação? – pergunta Ana.

- Toda a loja está em liquidação! – responde a funcionária, uma moça simples, sorridente e prestativa.

Ana procura entre as camisetas femininas, mas não encontra nada que lhe agrade.

- Eu queria algo mais rock n’ roll, ou umas estampas diferentes, não tem nada?

- Não, só masculinas. Mas… são masculinas né. – fala a atendente, um pouco sem jeito.

- Sem galho, quero ver.

E Ana começa a olhar as camisetas masculinas, tamanho P, que equivalem ao G feminino. Encontra várias estampas legais, criativas e… rock n’ roll!!!

Enquanto Lúcia olha algumas calças Jeans, no outro lado da loja, Ana vai para o provador e decide ficar com duas camisetas.

- Essa valor menos 30%, parcelado em 5 vezes no cartão… ótimo, nem vou sentir que estou pagando! – Pensa Ana, em um típico argumento feminino, com um sorrisinho discreto nos lábios. Ela dirige-se ao caixa, onde encontra com Lúcia.

A vendedora deixa suas camisetas no caixa e agradece. Ana retribui o agradecimento da simpática vendedora.

- Como vai ser o pagamento? – pergunta a moça do caixa – um tanto menos simples que a vendedora.

- Hummm… 50% é à vista né? No prazo, como fica? – pergunta Ana.

- Olha, podemos fazer em uma entrada e mais uma, com 40% de desconto. Ou então 30% em três parcelas no cartão ou cheque. – responde automaticamente a moça do caixa.

- E em 5 vezes é como? Com o carnê da loja? – questiona, Ana, com ares de dúvida, já se perguntando se havia lido errado o cartaz da liquidação.

- Não, em 5 vezes é no cartão também. – responde a moça do caixa, com o sorriso amarelando suavemente.

- 5 vezes é com 30% também né? Acho que é isso que está escrito na vitrine! – responde Ana, feliz por não estar enganada.

- Isso mesmo, mas – a moça olha para Ana, com as sobrancelhas arqueadas em uma expressão totalmente incrédula e esnobe - você vai querer PARCELAR ESTE VALOR EM 5 VEZES DE 19,90????

Em uma fração de segundo, Ana sente-se como o alvo de olhares alheios e, por um momento, aguarda as luzes dos holofotes cegando seus olhos, e alguém, com um microfone, que surgiria anunciando a vergonha que era parcelar uma compra em 5 vezes de 19,90 no cartão!!!

Mas como Ana é não se intimida fácil, e, com certa probabilidade, ganha mais do que a mocinha do caixa, ela sorri e responde:

- Claro, é assim que os pobres compram camisetas! – Ela encontra o olhar de Lúcia, que dizia algo do tipo “não acredito que ela perguntou isso!” – e ambas conseguiram rir um pouco, antes de sair da loja.

Então Ana vai para casa e, enquanto digita o texto para o seu blog, fica pensando nas ótimas respostas que poderia ter dado para a moça do caixa. Inclusive, respostas envolvendo a Tia Crise Financeira.

E cá entre nós né… o Sacks parcela produtos importados em 10 vezes. E a parcela mínima é de 10,00!!! Eu disse DEEEEZ REAAAIIIISSSSS!

Humpf!

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

A Fada do Cocô?

Vou postar rápido pois o pessoal do U.L.A. me espera (Unidos da Lage Alcoólica - meu bloco Rock n' Roll de carnaval) e já vou aproveitar e devolver o livro.

Mas que livro? Aaaaaahhhh! Um livro legal que a Buki me emprestou, cujo título é "Por Que Os Homens Têm Tetas?". Este livro trata de uma seleção de, como diz na própria capa, "perguntas que você só faria ao seu médico depois do terceiro martíni".

O livro é muito engraçado, cheio de respostas para várias perguntas constrangedoras.

Eu achei o máximo a resposta para a pergunta que questiona as causas do mau hálito matinal - aquele que acaba com qualquer possibilidade de um amanhecer romântico a dois.

Na Austrália, as pessoas dizem que a Fada do Cocô usou sua boca como banheiro durante a noite - entre outras idéias menos criativas.

As causas verdadeiras – e menos simpáticas – apontam remédios, álcool, açúcar, cigarro, cafeína e laticínios como os maiores vilões deste aroma desagradável. Resumindo, ninguém se salva.

E eu ainda prefiro acreditar na Fada Australiana do Cocô.

Será que ela se parece com a Nicole Kidman usando uma roupa tipo Sininho? :/

Para quem quiser ler: Por Que Os Homens Têm Tetas? – Mark Leyner e Billy Goldberg, M.D. – Editora Planeta – tem uma azeitona recheada com pimentão na capa. Eu sei que podia botar um link direto pra capa, mas não estou afim de facilitar as coisas hoje, rá!

Quero muito!

Digno de contagem regressiva!

E vamos combinar, que o Hugh apresentando o Oscar estava algo… tão perfeito quanto a aparição-surpresa do Edward!

Meme da Laine

Como eu disse, eu até poderia responder, mas não passaria adiante, hehe. Então, quem quiser tentar descobrir o que é mentira e o que é verdade, seja feliz tentando!

As mentiras da Laine

1- Quando eu tinha 14 anos já tinha a mesma altura que tenho hoje: 1,75 m. – Laine, não me lembro de tu ter 1,75, porque eu tenho 1,72 e nunca olhei pra cima pra  falar contigo, hahaha!

5- Ja morei em um convento de freiras. – Desculpa, mas não consigo acreditar nisso…

6- Adoro praticar esportes, especialmente os coletivos. – Deve ser mais fácil ter um amigo imaginário chamado Maurice, que é um cowboy espacial, com certeza!

Agora eu (que também não sou muito criativa pra inventar mentiras).

1 – Meu primeiro emprego foi em 1997, eu tinha 16 anos e meu salário eram 150 reais por mês. Para aumentar a minha renda, eu bordava Ponto Cruz para uma lojinha.

2 – Com 17 anos eu fiz uma aranha com missangas e canutilhos. Usava ela direto pra ir pro Joe, como colar.

3 – Procuro não assistir filmes de extra-terrestres porque tenho muito medo deles. Prefiro monstrinhos e espíritos.

4 – Estou fazendo aulas de vocal porque eu em minhas primas Pietta estamos formando uma banda: The Big Nose Band.

5 – A minha gata, Giggia, foi encontrada no forno de pedras do fundo da nossa casa. Ficamos com ela porque ninguém quis adotá-la. A primeira cria dela foi com 4 mêses de idade: 7 gatinhos.

6 – Não me importo com a música que esteja tocando. O que importa mesmo é a companhia. Não teria problema algum em assistir um show sertanejo, se fosse com uma turma boa.

7 – Faço minhas unhas das mãos e dos pés, minha depilação e pinto meu cabelo. Adoro brincar de salão de beleza quando não tem programação melhor.

8 – Eu dormiria 12 horas por dia, se pudesse.

9 – Sonho em ter filhos e um maridão pra fazer comidinhas boas. Nasci para as tarefas domésticas. Sou viciada em lavar louças!

sábado, 21 de fevereiro de 2009

Carnaval e outras coisinhas

Tá gentes, confesso que não sou muito dessas coisas de meme. Eu sou preguiçosa. Eu não tenho vontade de entrar em nãoseiquantosblogs e intimar gente pra responder memes. Nada contra, podem continuar me incluindo, eu só vou continuar não respondendo. Talvéz eu até responda, acho legal responder, mas ele vai morrer ali pque eu não vou convidar ninguém. De preguiça! Sabem a pessoa que só come o recheio da bolacha? Então, sou eu! Hehehe!

Fora isso, desculpem a ausência. Estive montando um blog direcionado para meus trabalhos em scrapbook. Quem quiser espiar, é só clicar aqui. Não tem todos meus trabalhos, ainda, mas adianto que estou aceitando encomendas.

Mas então... voltando aos posts, as últimas semanas não tem sido as mais fáceis, mas agora as coisas estão nos seus devidos lugares "e tudo vai indo bem".

Animada com algumas coisas, chateada com outras (passageiras), sem um puto tostão (eu queria passar a folga de carnaval em Canela, mas não sobrou) e nervosíssima com a tattoo de amanhã - tipo, são 01:30 e nada do meu sono dar as caras.

Tirando tudo isso, meu ginecologista me chamou de gorda (Manoelinha querida, você está com uns quilinhos a maissss) - querido, ele só estava sendo sincero. Ele até pediu um exame de tireóide, pra ver se esse é o problema. Eu até pensei em contar pra ele sobre a influência do Pensamento Gordo sobre a minha pessoa, mas achei melhor ficar quieta e lá fui fazer os exames. Mas, como eu não gosto de esperar pelos outros, já andei me cuidando na alimentação, essa semana (já que o fecho da minha calça também confirmou o que ele disse, raios!).

Agora, falando em Carnaval... comemoração que eu adoro - devido ao feriado prolongado que nos proporciona, óbvio! Na falta de verba para fazer algo melhor, resolvi passar a folia com o Jason. Retirei os Sexta-feira 13 do 1 ao 6. E lá vou eu para Crystal Lake! Já assisti dois e a minha conclusão foi: era muito fácil morrer nos anos 80!

Então... o inseticida que eu passei no quarto - coff, coff - como eu dizia - coff! - me deixou com um pouco de tosse. E meu nariz está meio amortecido. E eu estou me sentindo meio tonnnnttttt

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Melhor Propaganda

Sabem aqueles e-mails que a gente recebe, com propagandas que não são veiculadas?

Então... eu amei essa!!! Achei o máximo!

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

The Age of Aquarius

Então, pessoas… já ouviram falar da famosa Era de Aquário, né? Não? Não sabem a importância disso tudo? Não sabem que os hippies veneravam a chegada da Era de Aquário? O início dos novos tempos de paz e amor?

Não me digam que não assistiram Hair, aquele musical dos anos 70! A principal música do filme – Aquarius – fala sobre a chegada da Nova Era! E é exatamente o que diz a música, que acontecerá no próximo sábado, dia 14 de Fevereiro!

Para maiores informações, segue um link com a matéria completa.

Tomara mesmo que tudo isso seja verdade! Eu queria!

E fica um téco do filme, para quem não viu – ou para quem viu e quiser relembrar. Eu amo – e a trilha sonora é o máximo!!!

(Rá, consegui colocar vídeo!)

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

- Manô, que bonita! - disse uma colega minha, hoje de manhã, quando saí do meu carro, no estacionamento da empresa.

Eu estava de saia preta com um cinto que a fivela é um lacinho, blusa preta, bolsa preta e sapato boneca.

- Parece uma bonequinha! - completou ela.

- Sim - dei uma risadinha e olhei pra ela de canto - a noiva do Chucky, provavelmente!

É… depois dos acontecimentos do final de semana, até que eu estou bem humorada!

domingo, 8 de fevereiro de 2009

Nada meiga

Ontem eu fui ver o esboço da minha tattoo. Eu havia comentado com o Francis que gostaria de uma borda ao redor do desenho, para não parecer que o desenho estava perdido no nada das minhas costas. Comentei com ele “ah, talvéz uma caveirinha, coisa assim”.

Quando entrei no estúdio, ontem, ele mostrou o desenho, conforme eu havia enviado, e o esboço da borda.

Lá estava a caveira mais linda e bem desenhada que eu já ví! Mas eu pensava numa caveirinha engracadinha, meiguinha e tal. Hahaha, de meiguinha não tem nada. É uma puta senhora caveira rock n’ roll! Ela está centralizada embaixo do desenho e dois ramos sobem, um em cada lado dela, contornando a imagem principal.

A sugestão do Francis é de que a tattoo fique centralizada nas costas.

Eu ainda gostaria de uma rosa, ou algo mais delicado, junto com a caveira. Vou solicitar uma segunda opção – já que vai ficar comigo pro resto da vida, acho que devo fazer isso mesmo.

E o dia 21 está cada vez mais próximo.

004Tomei o melhor chá da minha vida no Zum Zum. Amei esse lugar – em Caxias, ao lado do Mississipi.

Ju, obrigada pela companhia e pela dica de café.

Paulo, obrigada pela dica do Windows Live Writer – beeem mais fácil postar assim!!!

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Eu devia pro Paulo!

Eu tinha ficado de postar a produção do bookmark do Paulo. Aqui está!


1 - O arsenal!


2 - Início da montagem e escolha das imagens. Eu ia colocar um óculos nele, tá vendo? Só que não coube!


3 - O carimbo de tomada de filme. Adoro ele! Ah, atenção para aquela almofadinha preta de carimbo.


4 - Porque foi com ela que eu fiz isso.

5 - E isso também.


Então, Pinhão, viu só o trabalho que tu me deu? Olha o tamanho da bagunça! Eu notei que tinha me sujado com a tinta quando eu percebi que a mesa estava suja... tudo onde eu encostava o braço, ficava com uma marca dessas.




Mas agora eu tenho eu comprei "A Bíblia dos Carimbos" e aprendi a manusear direio o material. Estou fora de perigo!





quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Só uma sugestão.

Ontem, na festa de aniversário da Buki, cheguei a conclusão de que tudo seria mais fácil se as pessoas tivessem três mãos.
Sério, é tri difícil tentar comer quando uma mão está segurando o pratinho de salgadinhos e a outra está segurando a bebida!
Quando Deus inventou as pessoas, ele não imaginou que elas poderiam inventar as festinhas? Na boa, muita coisa que ele criou está dando errado, o que me faz pensar que ele possa não ter sido um bom administrador! (tá, é sempre bom ter alguém pra jogar a culpa né, hehehe)
Em tempo: Feliz Aníver pra Buki, minha prima aquariana, que é muito parceria e compartilha das mesmas neuras comigo!

terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Testando

Ninguém quis me ensinar a colocar fundos legais no blog? Bem feito! Descobri sozinha!

Rá!

Agora só falta aprender a colocar vídeos, aí eu vou ser mais feliz!

Me aguardem!

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Falando em sono...

Estranhei acordar e ver uma claridade suave que entrava pela janela, esta manhã.

- Ca-ra-lho!!!!! - foi a única coisa que eu consegui dizer. Tinha até medo de descobrir que horas eram, porque, quando eu acordo, ainda está muito escuro.

Nada de pânico, Manoela, tu só está acordando no horário em que deveria estar saindo de casa!!!

Como isso aconteceu? Como?

Eu só tinha desativado ele pra não ter que acordar na sexta, que era minha folga! Quem poderia imaginar que ele não se ativaria sozinho para despertar na segunda de manhã? Quem?