quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

Dezembro / 2008

Como eu comentei com alguns, logo no início de dezembro eu percebi que este seria o mês das surpresas. Não errei.
Aconteceram muitas coisas boas! Surpreendentes, acho que seria a palavra correta para essas coisas (que não são bem coisas né... tudo isso envolveu pessoas).
Também aconteceu uma coisinha bem chata que me fez ver que 2009 vai precisar de mudanças. Que não vai dar pra ficar assim. Então vamos lá!
O saldo final de 2008 até poderia ter sido melhor (sempre pode - não é só o pior que não tem limites, o melhor também não tem), mas foi perfeito assim, desse jeitinho.
Vai deixar saudades, claro. Ainda mais com o frio na barriga que estou sentindo em relação a 2009.
Acho que 2009 vai ser com os pés no chão - tarefa difícil para uma aquariana. Mas acho que está na hora de pensar sério em algumas coisas e traçar novos objetivos.
Era isso, pessoal! Obrigada pela companhia neste ano. Foi muito bom ter vocês por perto - e vai ser melhor ainda continuar assim!!!!

Feliz Ano Novo!!!!!
(em laranja, a cor da criatividade, que vou precisar!)

segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Inferno Astral


Então gentes... meu Inferno Astral começou ontem. Agora são 01:28 de segunda-feira, dia 29.12 e eu?

Bom... eu acabo de aprender a fazer fuxicos, hehehe!!!!

Já comecei gostando dessa coisa de Inferno Astral!

sábado, 20 de dezembro de 2008

Sorte de hoje: Procure viver pela paz, não por conflitos.

Perfeito para hoje (20.12.08).

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Retomando

Pra quem ficou curioso com a lista, ela é apenas um lembrete de várias coisas que preciso fazer até iniciarem minhas férias, no dia 20.12:

Presente Papai Noel dos Correios:

  • mandar encadernar o livro de colorir. - OK
  • escrever a cartinha para mandar com o presente. - OK
  • embalar tudo lindamente e mandar pro correio entregar - até 12.12.08. - OK

Amigo Secreto do Escritório - revelação dia 18.12 - peguei uma pessoa que já tem tudo, então, vou ter que personalizar. Pra isso, conto com uma equipe de apoio muito eficiente e preciso do seguinte:

  • pegar foto que falta (até hoje). - OK
  • mandar imprimir todas as fotos em 5x7. - a Pavan não revela 5x7 na hora, que ótemo, vou ter que mandar amanhã, em Bento, e isso atrasa toda minha vida! - OK
  • pesquisar frases de impacto sobre família, filhos, casamento. - OK
  • pesquisar layout de páginas sobre os temas acima. - OK
  • ter a página pronta para, no máximo, 16.12.08.

Amigo secreto das Goréias (minha turma de anos e anos e anos e...).

  • comprar o presente até dia 19.12.08 (revelação antes de assistir Crepúsculo - toda turma disputando lugar com as adolescentes, hahaha). - OK

Promessa é dívida:

  • comprar o cd Chinese Democracy e mandar pro Michel - apostei com ele que o cd nunca seria lançado e, na semana seguinte... - OK

Outros:

  • comprar uma lembrancinha pra Uli, de aníver dia 17.12 (minha irmã). - OK
  • descobrir com quem estão meus cds do ABBA e do Velvet Revolver. A pessoa com o cd do ABBA deve estar, também, com o DVD do ABBA.
  • ver os caminhões de Natal da Coca Cola dia 10.12. - furou... não ví passarem.
  • tirar o pó do quarto antes do Natal!
  • emagrecer um pouco, se possível!
  • tomar algum banho de sol ou fazer bronzeamento, já que, infelizmente, eu não sou vampira e não vou ser mordida pelo Edward!
  • limpar as gavetas do quarto.
  • recortar as revistas lidas.

Era isso. Não lembro de mais nada que deva estar na lista. Ainda bem!

domingo, 7 de dezembro de 2008

Não posso esquecer!!!

Vou deixar aqui também, pra não correr o risco de esquecer (porque se eu for confiar na minha memória...).

Tá, coloquei de proteção de tela no note... sinto que não vou falhar!

sábado, 6 de dezembro de 2008

Eu vou!

Hahaha... pro Joe né! Acharam que eu ia aonde?


Hoje tem uma banda de um amigo de uma amiga minha (a Rê) e ela fez alta propaganda sobre a performance de palco do vocalista, que é muito engraçado... não vou perder essa!!!!


Criatura, que final de semana prolongado! Folguei na sexta, então, a bagunça começou ainda na quinta... Bar Joe. Muitas risadas e ótimas fotos. Eu amo esse bar, me sinto em casa (acho que já falei isso)!


Ontem fomos para o Bulevar. Era uma noite de Blues, tinha Fernando Noronha e outras bandas. A festa foi no complexo John Bull e o lugar é muito mais legal que o Bulevar... não sei porque eles insistem em manter todo mundo esmagado num lugar, quando tem outro bem maior, que caberia muito mais gente e que é muito mais legal, como o local onde foi a festa de ontem.


Eu pensava "e ainda é só sexta" e sorria comigo mesma. Gostei dessa idéia de começar o final de semana na quinta, hehehe. Já arrumei uma estratégia para não prejudicar a sexta, caso tenha que trabalhar. Chego em casa na quinta e durmo até a hora de sair.


Por falar em dormir, eu tenho dormido mais que a média. Não é raro eu chegar em casa e, ao invés de fazer algo saudável, tipo caminhar, eu me jogo na cama e durmo umas duas horinhas... eu durmo tão feliz, eu gosto tanto de dormir!!!!


Penso até que devo ter algum problema com o sono porque ele nunca é demais!!! Eu, na horizontal, durmo.


Eu durmo tão facilmente, que, não raramente, dormi antes de conseguir desligar a luz. Acordei com aquele calorão da luminária e o braço espichado, quase no botão de liga / desliga.


Por isso que hoje eu vou... dormi de manhã. Fui dar uma cochiladinha de tarde e acabei visitando a terra dos sonhos por umas 5 horas (lembro de ter sonhado que tinha quebrado um dente... doeu um monte e não tinha plantão odontológico!!!).


Se eu ficar em casa, vou dormir de novo... "e ainda é sábado", hehehe!!!


E lá vou eu encarar a tarefa do "que roupa ponho", mais uma vez!!!


Bom finde pessoal!


Coisa de fim de quinta!

quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

INOCÊNCIA INFANTIL

Havia, na revista 'Pais e Filhos', um espaço de Pedro Bloch, pediatra e teatrólogo, de coisas engraçadas que as crianças diziam. Essas historinhas são verdadeiras.


Uma menina estava conversando com a sua professora. A professora disse que era fisicamente impossível que uma baleia engula um ser humano porque apesar de ser um mamífero muito grande, a sua garganta é muito pequena.
A menina afirmou que Jonas foi engolido por uma baleia.
Irritada, a professora repetiu que uma baleia não poderia engolir nenhum ser humano; era fisicamente impossível. A menina, então disse:
- 'Quando eu morrer e for ao céu, vou perguntar a Jonas'.
A professora lhe perguntou:
- 'E o que vai acontecer se Jonas tiver ido ao inferno?'
A menina respondeu:
- 'Então é a senhora que vai lhe perguntar.'


Uma professora de creche observava as crianças de sua turma desenhando.
Ocasionalmente passeava pela sala para ver os trabalhos de cada criança.Quando chegou perto de uma menina que trabalhava intensamente, perguntou o que desenhava.
A menina respondeu:
-'Estou desenhando Deus.'
A professora parou e disse:
-'Mas ninguém sabe como é Deus.'
Sem piscar e sem levantar os olhos de seu desenho, a menina respondeu:
- 'Saberão dentro de um minuto.'


Uma honesta menina de sete anos admitiu calmamente a seus pais que LuisMiguel havia lhe dado um beijo depois da aula.
- 'E como aconteceu isso?' Perguntou a mãe assustada.
- 'Não foi fácil', admitiu a pequena senhorita, 'mas três meninas me ajudaram a segurá-lo'.


Um dia, uma menina estava sentada observando sua mãe lavar os pratos na cozinha. De repente, percebeu que sua mãe tinha vários cabelos brancos que sobressaíam entre a sua cabeleira escura.
Olhou para sua mãe eperguntou-lhe:
-'Porque você tem tantos cabelos brancos, mamãe?'
A mãe respondeu:
-'Bom, cada vez que você faz algo de ruim e me faz chorar ou me faz triste, um de meus cabelos fica branco'.
A menina digeriu esta revelação por alguns instantes e logo disse:
- 'Mãe, porque TODOS os cabelos de minha avó estão brancos?'


Um menino de três anos foi com seu pai ver uma ninhada de gatinhos que haviam acabado de nascer. De volta a casa, contou, com excitação, para suamãe que havia gatinhos e gatinhas.
- 'Como você soube disso?' perguntou a mãe.
- 'Papai os levantou e olhou por baixo', respondeu o menino. 'Acho que aliestava a etiqueta'.


Todas as crianças haviam saído na fotografia e a professora estava tentando persuadí-las a comprar uma cópia da foto do grupo.
- 'Imaginem que bonito será quando vocês forem grandes e todos disserem:- Ali está Catarina, é advogada, ou também 'Este é o Miguel. Agora é médico'.
Ouviu-se uma vozinha vinda do fundo da sala:
- 'E ali está a professora. Já morreu.'